Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 11 de dezembro de 2011

Quer usar apliques para o cabelo? Veja os prós e contras dos principais tipos!

Tá a fim de fazer seu cabelo crescer como mágica? Para achar o aplique ideal para você, confira as dicas do cabeleireiro Daniel Lacerda, de São Paulo, sobre os principais tipos de apliques:
Aplique com tic tac

Prós:
 é a técnica mais fácil e higiênica. Feitos geralmente com cabelo natural sem queratina, eles não causam danos aos cabelos. Serve pra todos os tipos de cabelo, e é bem versátil, já que você pode colocar e tirar quando quiser.
Contras: como é preso por tic tacs, é uma solução temporária. O resultado pode ficar meio artificial.

Como é aplicado:
 quando quiser dar mais volume, coloque mais camadas de aplique. Fixe as faixas no topo, outra no meio e outra mais em baixo. Se o objetivo for aumentar o comprimento, faça da mesma forma, usando fios mais longos do que seu cabelo.
Manutenção: os apliques de cabelos naturais custa em média de R$1.200 a R$2.000 reais, e podem ser colocados em casa ou em salões. Na manutenção, basta lavá-los com shampoo normal.
Trançados e colados

Prós: é ideal para quem curte cabelos afro ou trançados. É a técnica mais antiga, recomendada para qualquer tipo de cabelo, mas, principalmente, para quem tem fios crespos e chacheados.
Contras: assim como no aplique de queratina, pode quebrar os fios. E precisa de manutenção constante.


Como é aplicado:
 a técnica é parecida com o aplique com queratina, mas as mechas são trançadas em uma faixa colada na cabeça.
Manutenção: o aplique exige cuidados básicos, apenas lavar e secar, e dura de 2 a 4 meses. Porém, precisa de manutenção de 15 em 15 dias. O preço fica entre R$800 a R$2.000.
Colados com queratina

Prós:
 os apliques com queratina podem ser colocados em qualquer tipo de cabelo e são os mais recomendados para quem tem fios muito lisos.  Duram mais e dão um efeito um pouco mais natural ao look. O efeito da técnica, conhecida como Great Lenghts, é perfeito e você pode lavar, fazer chapinha, secar, usar babyliss, etc.
Contras: a quebra de cabelo quando os fios estão crescendo, pois o aplique pode danificar a raiz e o comprimento. Esta é a técninca mais cara de alongamento, podendo chegar a R$ 4 mil.
Como é aplicado: no salão, com um profissional. São feitos com uma ferramenta que amolece a ponta da queratina e cola a mecha escolhida no seu cabelo
Manutenção: o aplique dura de 3 a 6 meses e é feito, em média, em 5 horas de aplicação. A manutenção pode ser feita de 3 em 3 meses, onde algumas mechas são recolocadas. É necessário tomar cuidados com a escovação (não se pode pentear com pente, existe uma escova especial).
Gostaram das dicas?



COMENTEEEM (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário